A Pinto Brasil visita a instalação do Shopstocker na Plastic Omnium

A Pinto Brasil visita a instalação do Shopstocker na Plastic Omnium

Na semana passada, o fundador da Pinto Brasil, Manuel Brasil, visitou a instalação do Shopstocker na Plastic Omnium em Bad Rappenauna, na Alemanha, . Esta solução de armazém automatizado foi projetada especificamente para armazenar e transportar por via aérea 5.000 para-choques armazenados verticalmente em ganchos.

Os transportadores aéreos da Pinto Brasil permitem o manuseio e deslocação de componentes, peças automóveis,
cablagens ou outros produtos. O Shopstocker é uma solução Intralogistica que transporta e armazena peças
verticalmente. Esta tecnologia permite a otimização do armazenamento e melhora a ergonomia do operador.

O Shopstocker é sustentado por uma estrutura base que suporta o sistema aéreo permitindo rotas de transporte
versáteis.


Pinto Brasil: Visita da CCILA

Pinto Brasil dá as boas-vidas à Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã.

A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã organizou recentemente uma visita à Pinto Brasil S.A., na qual participaram 22 sócios da CCILA.

A visita iniciou-se com a mensagem de boas-vindas do Gonçalo Castro, Business Developer da Pinto Brasil, seguindo-se a apresentação do Paulo Martins, CTO da GenSYS com o tema ”Smart Manufacturing Systems – Industry 4.0, que nos deu a conhecer o software GenSYS que permite às empresas do setor industrial produzir massivamente artigos diferenciados numa altura em que o setor enfrenta novos desafios, como é o caso do aumento da diversidade de artigos e a possibilidade dos consumidores finais personalizarem o que pretendem adquirir.

Seguiu-se a apresentação da Pinto Brasil onde foi dado a conhecer uma  “overview” do último triénio, o foco na Inovação e Cooperação Estratégica e a visão dos Desafios do Futuro – 2019-2021, que foi conduzida pelo Diretor Geral da empresa, António Brasil.


Pinto Brasil: Metalomecânica cresce com a inovação

Grupo Pinto Brasil faturou 40,1 milhões de euros este ano, dos quais 89,2% são exportações para mais de 30 países.

O setor campeão das exportações portuguesas não tem o glamour da moda ou o histórico do vinho do Porto, porém ombreia em engenharia com competidores internacionais como a Alemanha e em preço com os astutos turcos.

O vimaranense Grupo Pinto Brasil tem aumentado o volume de negócios 22% ao ano, em média, desde 2014, para os 40,1 milhões de euros previstos este ano. Deste valor, 89,2% serão exportações, em 2017, para mais de 30 mercados em todo o mundo, com destaque para a Alemanha, a França, os EUA, o Leste da Europa e o Norte de África.

Em 2018, o grupo prevê crescer mais de 20% no volume de negócios graças à ampliação da fábrica da Guardizela (Guimarães) e tem planos para, nos próximos dois anos, construir uma nova fábrica em Santa Maria da Feira. Às 600 pessoas que hoje trabalham na “Pinto Brasil” deverão juntar-se, em breve, mais 200.

“Um dos nossos principais vetores de sucesso é o desenvolvimento de novos e inovadores produtos, como um sistema de armazenamento com mais de 12 m nos EUA ou os sistemas de última geração de teste elétrico feitos especialmente para a Airbus”, apontou Manuel Brasil, CEO do grupo. O departamento de I&D possui 30 colaboradores dedicados em exclusivo à inovação “quer nos processos internos de fabrico, quer no lançamento de novas famílias de produtos”.

Apesar de a produção nacional estar ao nível dos melhores e a preços competitivos, Manuel Brasil refere que não podem competir só pelo preço ou pela qualidade. “Trabalhar exclusivamente pelo preço, é demasiado perigoso e redutor, visto que as mais valias são muito reduzidas, e porque continuarão a existir países cuja conjuntura local seja mais favorável a este tipo de fabrico”, analisou o empresário.

“A qualidade é algo que tem que ser inato a todos os produtos e serviços. A premissa que deve ser garantida é a de não cair em situações de “excesso” de qualidade, ou seja, tudo aquilo que esteja incluído num produto que não tenha valor para o cliente é de facto um custo para o fabricante”, explicou.

Considerando que o setor tem condições para continuar a “crescer no curto e médio prazo, essencialmente por mérito do nosso tecido empresarial”, Manuel Brasil teme apenas a ameaça da falta de recursos humanos qualificados. “Se não for criada e colocada no terreno uma estratégia nacional de formação nesta área, não sei por quanto tempo este crescimento possa ser sustentado”, avisou.

 

Notícia publicada em: https://www.dinheirovivo.pt/empresas/pinto-brasil-metalomecanica-cresce-com-a-inovacao/


Pinto Brasil lança novo website corporativo

A Pinto Brasil possui desde meados de novembro um website totalmente renovado. A partir de agora, todos os colaboradores e clientes terão acesso a um website totalmente renovado, com novas funcionalidades, apresentação moderna e uma navegação mais intuitiva.

O novo website pretende ser mais um passo na constante melhoria da nossa comunicação com os nossos clientes, fornecedores, parceiros e visitantes. A partir de hoje pode aceder a conteúdos sobre as soluções que propomos por setor de atividade, bem como informações acerca dos nossos equipamentos.

Com o objetivo de consolidar a nossa presença online, o novo site está totalmente integrado com as redes sociais, Facebook, Twitter e Linkedin possui uma área dedicada ao Recrutamento.


Pinto Brasil marcou presença na Productronica 2017

A Pinto Brasil – Fábrica de Máquinas Industriais esteve a participar pela segunda vez consecutiva na Productronica 2017, em Munique, entre os dias 14 e 17 de novembro.

Esta foi uma feira de extrema importância para a consolidação da estratégia comercial e de internacionalização da empresa e teve como principal objetivo a apresentação de novas soluções industriais e o estreitamento de laços com parceiros.


Pinto Brasil participa nas V jornadas de EEC na Universidade da Beira Interior

No dia 7 de novembro, a Pinto Brasil participou como empresa palestrante na 5º edição das Jornadas do Núcleo de Estudantes de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores da Universidade da Beira Interior.

A Pinto Brasil esteve representada pelos Departamentos de Recursos Humanos e de Engenharia e apresentou uma palestra focado nos avanços da indústria 4.0 e nas funções desempenhadas por um engenheiro dentro do Departamento de Engenharia da Pinto Brasil.


Pinto Brasil marca presença na Productronica 2017

A empresa irá marcar presença na feira bienal Productronica 2017, que se realiza entre os dias 14 e 17 de novembro, em Munique, Alemanha. A Pinto Brasil participa pela 2ª vez, no maior evento internacional da área, sendo que esta presença vem no seguimento da consolidação da estratégia comercial e de internacionalização da empresa e tem como principal objetivo a apresentação das novas soluções industriais da Pinto Brasil e o estreitamento de laços com parceiros.

Download PDF

Pinto Brasil participa em Feira de Emprego na DOMUS CAPITAL

No dia 29 de setembro, a convite da Associação de Jovens Empresários Portugal-China, a Pinto Brasil participou em mais uma feira de divulgação de ofertas de emprego. A equipa de Recursos Humanos e Marketing estiveram presentes no edifício DOMUS CAPITAL, em Valongo, para dar a conhecer a empresa e também o Grupo Pinto Brasil, bem como todas as áreas de atuação e oportunidades de emprego em aberto.


Eng. Mira Amaral visita instalações da Pinto Brasil

No dia 12 de janeiro, o Grupo Pinto Brasil teve a honra de receber, na sua unidade industrial Pinto Brasil S.A., a visita da Sociedade Portuguesa de Inovação, estando esta representada pelo Eng. Mira Amaral e pelo Dr. Miguel Medina.

Esta visita teve como âmbito o estreitamento de parcerias estratégicas em projetos de interesse mútuo, nomeadamente na área da Inovação e Desenvolvimento, uma vez que esta é uma área muito importante para o Grupo Pinto Brasil.


Ministro inaugurou unidade industrial em Guardizela

O Ministro da Economia presidiu à inauguração da nova unidade industrial do Grupo Pinto Brasil, na freguesia de Guardizela, Guimarães. Este importante Grupo Industrial vimaranense nasceu em 1991 e desde logo se dedicou ao desenvolvimento de soluções técnicas de engenharia para satisfazer as necessidades dos seus clientes.

Especializada na área metalomecânica, a Pinto Brasil desenvolve soluções para a indústria das cablagens e logística industrial, fortemente orientada à indústria automóvel e aeronáutica. A empresa dá resposta aos mais elevados padrões de exigência, sendo desse modo fornecedora preferencial de algumas das maiores empresas mundiais do setor, como fabricantes automóveis e fornecedores de 1ª linha desses fabricantes. A Pinto Brasil tem uma história de sucesso como atesta a sua presença em várias partes do globo que reforça com as novas instalações construídas em Guardizela.

O Grupo Pinto Brasil exporta mais de 90% da sua produção total para o mercado mundial e emprega mais de 350 pessoas. A nova unidade industrial de Guardizela, agora inaugurada, exporta 90% da respetiva produção e é um investimento que ronda os 15 milhões de euros, edificado em perto de 10 mil metros quadrados. A cerimónia iniciou-se com uma visita guiada às instalações da qual fizeram parte o Ministro da Economia, António Pires de Lima, o Presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, e vários autarcas da região. Seguiu-se o descerramento da placa e bênção das instalações pelo Reverendíssimo Cónego Mendes. De acordo com o protocolo os discursos iniciaram com algumas palavras proferidas pelo administrador do Grupo Pinto Brasil, Manuel Pinto Brasil, que fez um discurso emocionado e agradeceu todo o seu império à família destacando o seu pai e esposa.

“Quero agradecer o apoio da minha família, principalmente, ao meu pai, à minha mulher e aos meus filhos. Acreditamos que estamos destinados a continuar esta ambição de crescimento sendo que a excelência do nosso trabalho não é um ato mas sim um hábito”. Por sua vez o diretor fabril do Grupo, António Pinto Brasil, referiu que “a atualidade económica exige que a Pinto Brasil tenha uma posição líder num mercado que lhe permita vencer e tornar-se num player de destaque no seu ramo de atuação. É com orgulho que inauguramos hoje estas instalações, marco importante na história desta empresa e Grupo Industrial que, com apenas 22 anos de existência atingiu uma pontuação de renome no seu setor”. O Presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, mostrou-se visivelmente satisfeito por perceber que a nossa região ainda tem as suas valências e consegue implementar forças económicas imprescindíveis ao crescimento da mesma. “Podem contar com todo o apoio da Câmara Municipal de Guimarães. Estes projetos valorizam a região e o País. É de louvar que empreendimentos como este ainda emerjam perante esta crise”.

O Ministro da Economia, António Pires de Lima, salientou que a diminuição do défice se deve maioritariamente a empresas como a Pinto Brasil. “Vivemos um momento de viragem económica, de algum crescimento económico e consequente criação de postos de trabalho. Construir em circunstâncias difíceis tem mais valor e isso mostra um grande amor à Pátria. Até final de 2015 o Grupo Pinto Brasil prevê para a sua nova unidade de Guardizela uma duplicação do seu volume de negócios anual, assim como a criação de cerca de 75 novos postos de trabalho”, concluiu.

Notícia publicada em: http://www.digitaldevizela.com/2013/12/ministro-inaugurou-unidade-industrial.html